Jornal Coluna1 Contagem

Notícias, política, polícia e informações sobre Contagem e região metropolitana de Belo Horizonte. Jornalismo da cidade.


Política de hoje:

Vereadores ignoraram o veto da prefeita e declararam o Granja Adélia Esporte Clube como patrimônio cultural imaterial de Contagem.

Não chega a ser uma derrota do governo, pois esse veto não envolvia nenhuma prioridade da administração. Na realidade, a maioria dos vereadores quis apenas agradar ao vereador Ronaldo Babão, que propôs o projeto, e o próprio time do Granja Adélia, que tem apelo social e estava sendo agraciado com a honraria.

Porém, mesmo que a derrubada do veto não seja uma derrota significativa da prefeitura, serviu para mostrar que existem alguns vereadores bastante dispostos a fazer oposição.

Hugo Vilaça, Abner Motta e Carlin Moura tem demonstrado disposição para briga. Dos dois primeiros já era esperado, agora Carlin é uma novidade.

Hugo Vilaça ocupou espaços importantes no governo derrotado de Alex de Freitas; Abne Motta é filho do deputado federal Leo Motta, um legítimo representante do bolsonarismo em Contagem, natural que estivesse contra a prefeita Marília, do PT.

De Carlin, no entanto, era possível esperar postura diferente. O ex-prefeito militou e fez história nas bases do PCdoB. A relação dele com Marília Campos e com o PT nunca foi pacífica. Mas mesmo tendo muitos momentos de disputas com os petistas, Carlin sempre fez parte da base de apoio nos governos Marília e, quando foi prefeito, teve o PT como aliado em seu governo.

Para observadores externos, a postura indica intenção de marcar posições para as eleições de 2022.

Vagas de Emprego

Anúncios

Entre em contato.

Quer sugerir um assunto para o Coluna1?

Use a hashtag #ColunaReclame no Instagram ou Facebook ou envie uma mensagem pelo formulário de contato.