polícia

O homem atira em amigo após confundi-lo com um javali durante caçada

Um homem morreu ontem após ser alvejado por um tiro disparado por um amigo durante uma caçada na Fazenda Paraíso, em Itanhandu, Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito assumiu a autoria do crime, mas afirmou que confundiu o amigo com um javali. Ele relatou que tentou socorrer a vítima, mas, por estarem em uma mata fechada, não conseguiu fazer o resgate sozinho, voltou à sede da fazenda e pediu para que chamassem a polícia.

O suspeito afirmou à PM que era amigo da vítima, Paulo César da Silva, 43, há muito tempo e que eles combinaram de ir ao local para caçar um javali que estava rondando a área. Ainda segundo o depoimento, eles avistaram o animal em meio à mata e a vítima realizou um primeiro disparo contra o javali. Neste momento, o suspeito pensou ter visto o animal correndo e realizou um disparo naquela direção. Foi então que escutou um grito e percebeu que havia atingido o amigo. O autor do disparo foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade. A vítima portava uma espingarda calibre 28, e o suspeito, uma espingarda de calibre 32.

com informações UOL e PMMG

Categorias:polícia

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s