Brasil

Brasil acerta a importação do primeiro lote de vacina contra Covid-19. São 5 milhões de doses da vacina chinesa

A compra das vacinas foi feita pelo Instituto Butantã, parceiro da empresa chinesa Sinovac no desenvolvimento da vacina. O lote deve ter 5 milhões de doses e será entregue em outubro.

A entrega do lote de vacinas será feita ao Estado de São Paulo, que intermediou a compra, mas será repassada ao Ministério da Saúde para fazer parte do programa nacional de imunização.

Os critérios para definir os grupos prioritários serão estabelecidos pelo ministério da saúde, mas o Dr.Bruno Covas, coordenador do Butantã, acredita que o país deve seguir os parâmetros da OMS e priorizar no primeiro momento de vacinação os trabalhadores da área de saúde, profissionais de outros setores de risco e pacientes considerados do grupo de risco, como os idosos, por exemplo.

De acordo com o Butantã, os testes prévios com a vacina mostraram sucesso e não provocaram reações adversas significativas, “apenas dor no local de aplicação”. Outra vacina, desenvolvida por pesquisadores ingleses, teve testes suspensos para investigar possíveis efeitos colaterais.

Os resultados dos testes da vacina chinesa já foram encaminhados à Anvisa, mas ainda não há autorização para uso. Espera-se que até a entrega das vacinas a agência já tenha autorizado o uso. Segundo o governador paulista, João Doria, até dezembro serão 46 milhões de doses entregues.

Categorias:Brasil

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s