Desemprego no país chegou a 14,3% na última pesquisa PNAD continua, do IBGE. Segundo o instituto, são 14,1 milhões de brasileiros desempregados no Brasil.

taxa de desocupação (14,3%) no trimestre de agosto a outubro de 2020 cresceu 0,5 ponto percentual (p.p) em relação ao trimestre de maio a julho (13,8%) e 2,7 p.p. frente ao mesmo trimestre de 2019 (11,6%).

Se compararmos os mesmos trimestres de 2019 e 2020, o aumento foi ainda mais significativo. Segundo IBGE, são 1,7 milhão de brasileiros que perderam a ocupação no período.

A pesquisa mostrou ainda que a quantidade trabalhadores com carteira assinada aumentou em relação ao trimestre anterior de 2020 (julho, agosto e setembro). Mas ainda representa uma queda muito grande em relação ao ano anterior. O número de empregados com carteira de trabalho assinada (29,8 milhões) no setor privado (exclusive trabalhadores domésticos) aumentou em 384 mil pessoas frente ao trimestre anterior, embora sem variação estatisticamente significativa, e caiu 10,4% (menos 3,4 milhões de pessoas) ante o mesmo trimestre de 2019.

Informalidade e “desalentados”, pessoas que desistiram de procurar emprego, não teve alteração significativa no período.

Para ver todos os dados da pesquisa, CLIQUE AQUI, e veja as informações no site do IBGE.