Contagem

Contagem pretende utilizar leitos de hospitais particulares de Betim para ampliar rede de atendimento da cidade

Enquanto o decreto para definir regras de combate ao Covid não chega, a Administração Municipal divulga ações paliativas para ampliar a rede de atendimento na cidade. Entre essas está a aquisição de leitos particulares. Como Contagem não tem hospitais particulares com leitos disponíveis, a cidade pretende adquirir leitos em Betim.

Também foi anunciada a utilização de mais 40 leitos de UTI no Hospital Municipal de Contagem. A prefeitura de Contagem também irá reforçar a testagem no Município, com o fornecimento dos insumos necessários a ser feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

VEJA TAMBÉM: EMPRESÁRIOS PROMETEM COMPRAR EQUIPAMENTOS PARA AMPLIAÇÃO DE LEITOS EM CONTAGEM.

AÇÕES SÃO PARTE DA CAMPANHA PACTO PELA VIDA, QUE VISA MOBILIZAR A POPULAÇÃO E EVITAR FECHAR A CIDADE.

Atualmente, Contagem apresenta taxa de transmissão de 1.19, considerando os últimos sete dias, com aumento significativo em relação às semanas anteriores. A taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de pacientes com Covid-19 está em 86%, e a de enfermaria para pessoas com a doença está em 84%. 

A prioridade da prefeitura no momento é prevenir o contágio e evitar o fechamento da cidade. Nessa estratégia foi criada a “Campanha Pacto Pela Vida”, que visa o diálogo com diversos setores econômicos para mobilizar a população e garantir o cumprimento das medidas de prevenção do contágio por Covid-19.

É com esse diálogo que a prefeitura pretende elaborar o decreto com as normas para o funcionamento do comércio e da indústria na cidade. O decreto estava previsto para hoje, dia 12, mas foi adiado para a próxima quinta-feira.

A administração municipal chegou a falar em “Lei Seca” e argumentou que o consumo de bebidas nos estabelecimentos dificulta a fiscalização e a prevenção. Mas voltou atrás e divulgou que haverá apenas a manutenção do “toque de recolher”, com limite no horário de funcionamento de bares e restaurantes.

O previsto até o momento é que os bares possam funcionar entre quinta e domingo, até 23h, com venda de bebidas alcoólicas; restaurantes devem poder abrir normalmente, com regras de distanciamento e limite de ocupação.

A chefe do Executivo Municipal ressaltou a importância do diálogo com os diversos segmentos. “A nossa postura é de respeito e diálogo. Queremos garantir o funcionamento dos estabelecimentos, envolvendo a todos, e mantendo algumas restrições para enfrentarmos a pandemia, sem prejudicar os comerciantes, empresários e trabalhadores”, afirmou.

Categorias:Contagem

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s