Economia

Cemig é investigada por mudança da sede para São Paulo. Ministério Público e Assembleia Legislativa investigam

A empresa nega, mas o Ministério Público investiga projeto da empresa que pretendia mudar a sede para São Paulo com o objetivo de pagar menos impostos. A Cemig disse que não existe esse projeto, mas afastou os diretores investigados.

Além desse movimento que poderia caracterizar sonegação fiscal, ainda é investigado a contratação de escritório de advocacia, sem licitação, para facilitar o processo de privatização da empresa. A Cemig negou a contratação e o escritório disse que presta serviço legais à empresa. Contudo, o MP investiga a contratação do escritório para fins supostamente escusos.

A Assembleia de Minas convocou o presidente da empresa com o objetivo de explicar a contratação de apadrinhados políticos em substituição a servidores de carreira, a mudança da sede para São Paulo e uma tentativa de desvalorizar a empresa antes de uma possível privatização.

Segundo a deputada estadual Beatriz Cerqueira, “neste momento a gestão da Cemig está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual, a convocação do presidente da empresa visa explicar estas graves questões que estão sendo feitas pela gestão Zema na Cemig”, afirmou.

Por meio de nota, a Cemig confirmou o afastamento do superintendente de Suprimentos e Logística, Paulo Gonçalves Vanelli, e de outros quatro gerentes do mesmo setor, todos funcionários de carreira da empresa.

“A Cemig esclarece que o afastamento em caráter preventivo do superintendente e de quatro gerentes da Superintendência de Suprimentos e Logística, todos funcionários de carreira da empresa, foi motivado por denúncia recebida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG)”, afirmou.

“O MPMG decretou sigilo do inquérito. A Cemig, em observância aos rigorosos controles a que está sujeita, investigará as denúncias recebidas e cooperará com o MPMG”, acrescentou a companhia, que não abriu mais informações sobre a denúncia.

Segundo o site MoneyTimes, que cobre notícias da bolsa de valores, seriam mais de quinze executivos, incluindo áreas jurídicas e comunicação. A empresa não deu detalhes.

 

Categorias:Economia

Marcado como:,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s