Brasil

Gasolina sobe R$0,15 nas refinarias. Aumento nos postos de gasolina pode ser ainda maior

A Petrobras reajustou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e entrará em vigência a partir desta terça-feira (19). O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra.

“Os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, desta maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. No ano de 2020, o preço médio da gasolina comercializada pela Petrobras atingiu mínimo de R$ 0,91 por litro”, esclareceu a companhia.

O aumento do combustível vem em momento delicado, sob ameaça de novas paralisações dos caminhoneiros que, entre as exigências, pedem o fim da política de paridade de importação, ou seja, não querem que o valor dos combustíveis seja automaticamente vinculado ao custo de importação.

Até o momento, não foi anunciado nenhum novo aumento no preço do Diesel, principal combustível utilizado pelos caminhoneiros.

POLÍTICA DE PARIDADE DE IMPORTAÇÕES

A política de paridade iniciou no governo Temer e foi mantido por Bolsonaro. Até o governo Dilma, o custo do combustível era calculado de acordo com seu custo de produção e atendia a política de preços do governo federal.

O mercado e setores econômicos ligados a produção de combustíveis reclamaram que a prática era intervenção indevida do governo na Petrobras e afirmaram que essa prática poderia causar prejuízos à empresa e seus acionistas. Desde a mudança na estratégia de preços da empresa, houve um aumento dos combustíveis que passaram a ser influenciados, entre outras coisas, pela demanda internacional e a cotação do dólar.

Contudo, apesar das reclamações da população, a Petrobras afirma que dados do Global Petrol Prices, referentes ao último dia 11, indicavam que o preço médio ao consumidor de gasolina no Brasil era o 52º mais barato dentre 165 pesquisados, estando 21,6% abaixo da média de US$ 1,05 por litro.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

com informações de Agência Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s