O Comitê de Enfrentamento à Pandemia da Covid-19 se reuniu virtualmente nesta terça-feira (9/2), conduzido pela prefeita Marília Campos e pelo secretário municipal de Saúde, Fabrício Simões. No encontro, foi apresentada a melhora dos indicadores epidemiológicos da covid-19 no município, nos últimos 14 dias, em função do cumprimento dos protocolos estabelecidos na Campanha “Pacto pela Vida”. Ainda foram discutidas as ações entre os segmentos da atividade econômica para a adesão e cumprimento ao pacto.

Para a prefeita Marília Campos, o “Pacto pela Vida” começou a apresentar bons resultados, pois a velocidade de transmissão do vírus se manteve mais baixa e a ocupação de leitos foi capaz de atender a população. “Mesmo com a melhora, não podemos relaxar. Os protocolos estabelecidos, por meio do diálogo com os segmentos, precisam ser seguidos. Os indicadores estão controlados, justamente por isso, precisamos manter a mesma linha para enfrentarmos à pandemia”, disse.

Nos próximos dias, serão realizadas várias reuniões virtuais com o setor de transporte coletivo para traçar novas estratégias de enfrentamento ao novo coronavírus. A intensificação da fiscalização também foi uma das prioridades discutidas, principalmente, próximo ao período do carnaval, que foi suspenso no município, em razão da pandemia.

A vacinação contra a covid-19 também foi tema da reunião. Segundo o secretário Fabrício, a próxima fase da vacinação no município será a do grupo prioritário dos idosos. “Estamos vacinando ainda os profissionais de saúde e os idosos moradores de instituições. Para ampliar as etapas da vacinação, aguardamos a chegada de mais doses das vacinas que devem ser enviadas pelo Ministério da Saúde”, disse.

Comitê

A criação do Comitê de Enfrentamento à Pandemia da Covid-19 foi uma das primeiras ações de governo da prefeita. Ele tem a função de acompanhar a evolução do quadro epidemiológico do novo coronavírus, além de adotar e fixar medidas de saúde pública necessárias para a prevenção e o controle do contágio e o tratamento das pessoas afetadas. Todas as pastas do executivo municipal integram o comitê, além de um representante da Câmara Municipal, sendo o secretário municipal de Saúde o presidente. Também podem ser convidados especialistas e representantes de outros órgãos e entidades públicas ou privadas, como é o caso da participação do Ministério Público.

informações: PMC/VanessaTrotta – Foto: PMC/JanineMoraes