Cidade

Coleta de lixo e resíduos em Contagem tem cuidado redobrado na pandemia

Em meio à pandemia, a coleta de lixo tem ocorrido normalmente na cidade de Contagem, contudo, obedecendo protocolos. No intuito de evitar acúmulo de resíduos, o que pode gerar mal cheiro, assim como atrair animais que podem transmitir doença, o lixo tem sido recolhido diariamente sob contraprestação de contas periódicas ao Executivo Municipal.

Os cuidados, segundo a subsecretária de Serviços Urbanos, Izabel Chiodi, estão redobrados. “Como uma administração que prima pelo respeito ao trabalhador e diálogo com o cidadão, é nossa obrigação exigir que aqueles que prestam serviços para nós, o façam da melhor forma e dentro de normas que os protejam o máximo possível”, destaca. “Pedimos sempre que haja um retorno da empresa prestadora de serviço para que essas pessoas, que nos ajudam diariamente com o recolhimento de resíduos das casas, usem máscaras e sigam protocolos específicos a fim de evitar contaminações”, explica. “Diariamente fazemos esse acompanhamento, conversando com as pessoas envolvidas”, continua.

Izabel, aliás, pede que os cidadãos coloquem o lixo nos pontos próximo ao horário de coleta: “Quanto mais exposto ao tempo, mais as chances de animais revirarem, de dar mal cheiro, de bichos peçonhentos aparecerem. Além disso, é importante alertar para como embalar o lixo, já que não queremos que os agentes se machuquem ou se contaminem. Embalem de uma forma que seja seguro para todos, o que vale tanto para as casas como para hospitais”.

Em média são coletadas por mês 20.000 toneladas de resíduos de vários tipos e em diversos locais em Contagem: domiciliar, de saúde, manual, ecopontos, animais mortos, caçambas estacionárias, de capina e de varrição. A atividade de limpeza urbana conta com 600 profissionais, entre agentes de limpeza, motoristas, fiscais, engenheiros, operadores de máquina e pessoal administrativo, dentre outros.

Ecopontos

Atualmente, Contagem conta com 22 Ecopontos, que são lugares onde há descarte de itens recicláveis. No entanto, estão em estudos atualmente, como utilizar esses locais de uma forma mais eficiente. “Cada local, hoje, recebe uma quantidade de lixo, mas em sua maioria, carroceiros. Queremos transformar esses lugares, melhorando a eficiência deles, para que menos resíduos sigam para o aterro. Temos a capacidade de reduzir em 33% o lixo da cidade, reciclando e reaproveitando. Certamente, nessa gestão, vamos dar um importante passo nesse sentido, remodelando os ecopontos”, completa.

fonte: PMC/JoãoVitor Foto: PMC/EliasRamos

Categorias:Cidade

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s