A prefeita de Contagem, Marília Campos, lamentou a forma como foi feita a reabertura do comércio pelo governo estadual, que reduziu as restrições na região antes de construir uma estratégia comum com todos os municípios.

“A Onda Roxa foi decretada pelo governo do Estado para quase todas as regiões do Estado e aqui em Contagem nós acatamos essa determinação. Na sexta-feira o governo do Estado anunciou o fim da Onda Roxa e o que eu achei muitíssimo complicado é que a gente estava [construindo] uma articulação estadual, inclusive regional, e as normatizações para o funcionamento comercial era semelhante nas cidades – em Contagem, Betim e Belo Horizonte – e com o fim da Onda Roxa [virou] um cada um por si, cada um começou a articular qual seria a sua postura, o seu posicionamento em função do término da Onda Roxa”, lamentou a prefeita.

Marília já disse e repetiu na live que o Governo de Contagem defende ações regionais e uma construção coletiva para determinar as regras de funcionamento nas cidades da região metropolitana e do Estado. “Restringir o funcionamento comercial não é uma escolha, é uma imposição”, disse a prefeita.

De acordo com ela as restrições de funcionamento comercial evitou o colapso do setor hospitalar da cidade, apesar de ainda estarmos em uma situação grave. E que, com diálogo, a prefeitura pretende ir retornando todas as atividades gradativamente.

Segundo Marília Campos, o prefeito de Belo Horizonte ligou para ela hoje, antes da entrevista coletiva na qual Belo Horizonte anunciou a reabertura de suas atividades e determinou data para volta às aulas. Segundo a prefeita, Contagem e Belo Horizonte estão dialogando bem e tem visões semelhantes na forma como tratar a pandemia localmente.

As duas cidades estão afinadas, o comércio deve abrir em horários e restrições semelhantes; as duas cidades também optaram por fechamento comercial no domingo e isso deve evitar a migração de pessoas de uma cidade para outra para aproveitar horários de funcionamento diferenciados em cada cidade.

ACADEMIAS

Segundo Marília Campos, as academias da cidade devem reabrir,

A prefeita informou que o setor já foi comunicado e estabelecidas as regras e protocolos necessários e que os estabelecimentos poderão reabrir.