Economia

Contagem consegue gerar 1.268 postos de trabalho em março, mesmo com Onda Roxa

com informações de José Prata e Agência Brasil
Anúncios

O governo federal divulgou nesta quarta feira a geração de empregos de carteira assinada em março no Brasil. Contagem gerou 1.268 empregos. A boa notícia ficou por conta do comércio, que conseguiu bom resultado mesmo com o fechamento imposto pela pandemia.

Em Contagem, 562 empregos foram criados na indústria; 332 no setor de serviços; 114 na construção civil; e 260 no comércio, que teve uma expansão dos empregos mesmo com muitos fechamentos com a “onda roxa”. Esse resultado serve como refresco e indica que foi possível diminuir a quantidade de mortes provocadas pela pandemia sem perder empregos.

Com esse resultado Contagem acumula, no primeiro trimestre deste ano, 3.596 empregos, com liderança também da indústria (1.172 empregos), serviços (843 empregos), construção civil (836 empregos) e comércio (744 empregos). Esse consolidado também é importante, pois mostra uma recuperação industrial, setor que tem enfrentado dificuldades nos últimos anos.

A Prefeitura também foi protagonista deste crescimento econômico. No governo atual foram retomados grandes investimentos e obras em diversas regiões de nossa cidade.

Contagem fez uma grande arrumação das finanças nos dois primeiros mandatos de Marília Campos, de 2005 a 2012, equilíbrio fiscal que foi mantido nos governos seguintes, deixando nossa cidade numa situação favorável: receitas expressivas, despesas sob controle, dívida baixa em relação ao que prevê a Lei Fiscal e boa capacidade de investimento.

Em 2020, o saldo de empregos em Contagem ficou em 4977, entre janeiro e dezembro. Neste ano de 2021, os três meses tiveram resultados positivos e acumulam no 1º trimestre um saldo de 3.596 empregos gerados.

Anúncios

EMPREGOS NO BRASIL

O Brasil gerou 184.140 postos de trabalho em março deste ano, resultado de 1.608.007 admissões e de 1.423.867 desligamentos de empregos com carteira assinada. Os dados são do Ministério da Economia, que divulgou hoje (28) as Estatísticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged.

O estoque de empregos formais no país, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, chegou a 40.200.042, em março, o que representa uma variação de 1,46% em relação ao mês anterior.

No acumulado de 2021, foi registrado saldo de 837.074 empregos, decorrente de 4.940.568 admissões e de 4.103.494 desligamentos até março.

Categorias:Economia

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s