A quantidade de reclamações em relação ao serviço prestado pela Copasa em Contagem resultou em uma reunião entre a empresa e os vereadores da cidade.

Com objetivo de manter um contato direto com a empresa, a fim de buscar soluções conjuntas mais rápidas para a população, os parlamentares se reuniram, nesta quarta-feira (30/06), de forma remota, com a nova gerente da Companhia em Contagem, Renata Mayrink. 

Durante a reunião, os vereadores e a Copasa estabeleceram rotinas para o contato direto entre a Câmara e a empresa.

H

averá contato direto com a empresa por telefone e e-mail para solicitações de urgência, e as mais amplas serão debatidas em reunião.

Alguns vereadores aproveitaram a oportunidade para reforçar algumas reivindicações das comunidades. Glória da Aposentadoria, por exemplo, pediu ligação de água no bairro Amendoeiras; implantação da rede de esgoto nos bairros Chácaras Planalto e Chácaras Novo Horizonte; providências em relação à adutora e a um terreno no bairro Estrela Dalva; e perguntou sobre projetos para acabar com as fossas no município, sobretudo no Nacional.

O vereador Bruno Barreiro mencionou que já vem acompanhando, há algum tempo, o trabalho de reversão de esgoto em algumas ruas do bairro Granja Vista Alegre, e pediu informações sobre o cronograma das intervenções. Léo da Academia, por sua vez, reclamou dos altos valores cobrados na taxa de esgoto, além da morosidade das intervenções e da má qualidade dos serviços prestados pelas terceirizadas nas ruas de Contagem.

Renata Mayrink destacou que já estabeleceu uma parceria com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, para realizar a notificação dos imóveis que têm rede coletora na rua, para que façam a ligação de esgoto. Sobre os valores, esclareceu que é a agência reguladora que estabelece, e que haverá, nos próximos meses, a junção das taxas de coleta e de tratamento de esgoto, com possível redução. Por fim, prometeu intensificar a fiscalização dos serviços das terceirizadas, e pediu que as demais demandas sejam detalhadas em um documento e encaminhadas para avaliação de sua equipe.

Por fim, Alex Chiodi pediu atenção especial ao bairro Estâncias Imperiais, e destacou que a relação do Legislativo com a Companhia será de proximidade. “Vamos manter o contato constante com a gerência da Copasa; haverá o atendimento a cada vereador, que apresentará suas demandas, para que possa levar o retorno para a comunidade; e as demandas gerais da Câmara serão tratadas de forma coletiva em reuniões periódicas”, concluiu o vereador.

com informações CMC/LeandroPerché