A prefeitura de Contagem concluiu as obras na Vila Sapolândia, região do Bairro Industrial que desmoronou nas chuvas de 2020, deixando um morto e dezenas de desabrigados.

Em setembro de 2020 o Coluna esteve no local conversou com moradores e visitou casa abandonadas pelos moradores, que tinham medo de novos deslizamentos. Naquele momento, os moradores já conviviam, há mais de seis meses, com o medo de novos deslizamentos, incertezas e promessas da prefeitura. Muitos não estavam recebendo o auxílio moradia e por isso preferiram voltar ao local, mesmo enfrentando riscos. CLIQUE AQUI E CONFIRA.

As obras atuais foram iniciadas ainda no período de transição do governo Marília Campos, em dezembro de 2020, para evitar novas tragédias nas chuvas de verão.

Inicialmente concebidas em caráter emergencial, as obras sofreram uma readequação de projeto para que pudessem ser entregues os serviços mais adequados. Após as revisões, as intervenções seguiram normalmente.

Na Vila Sapolândia foram executados os serviços de estabilização de talude, contenção, sondagem, solo grampeado, captação de esgoto e descida de água. Os investimentos para as obras foram de aproximadamente R$ 4 milhões, oriundos de empréstimos contratados da Caixa Econômica Federal.

A Avenida Arquiteto Morandi, via onde parte da obra foi realizada, foi liberada para a circulação de veículos na segunda-feira (28/6). Essa via é ligação importante entre a Avenida Tito Fulgêncio e a Avenida Tereza Cristina, fica na divisa entre Contagem e Belo Horizonte, no Barreiro. Ela ficou fechada desde janeiro de 2020, obrigando improvisos e adaptações de linhas de ônibus que atendem a população local.

Em visita as intervenções na região, a prefeita Marília Campos destacou a importância do diálogo com a população para solucionar problemas enfrentados pelos moradores. “A Prefeitura tem o compromisso de fazer investimento para melhorar a vida do cidadão e resguardar sua integridade em locais que apresentam riscos. Fazemos isso por meio do diálogo e do trabalho”, afirmou.

De acordo com a administradora da Regional Industrial, Renata Rodrigues, as obras de contenção solucionam de maneira definitiva a proteção das encostas e proporciona segurança para os moradores do entorno. “A comunidade está muito feliz, pois está mais segura. Essa obra salva vidas. Trará mais tranquilidade e qualidade de vida para as pessoas”, enfatizou.

com informações de SECOM/YuriSoares Foto: SECOM/JanineMoraes